Rio Grande do Sul

Certo, eu sei que estou em falta com vocês, inclusive a Veri está me cobrando este post há umas duas semanas, desde que eu retornei da minha viagem. Então, agora vai.

Nas minhas pequenas férias viajei para o sul, mas especificamente para as cidades de Feliz (com escalas em Gramado e Nova Petrópolis) e Caxias do Sul (com escala em Flores da Cunha). Infelizmente, dado o curto espaço de tempo, da falta de grana e de ser um período de não-temporada, não pude apreciar muito da culinária local, mas algumas dicas eu posso dar, que valem a pena:

Comida – Apesar de ficar em uma cidade tipicamente alemã, como Feliz (onde o povo fala alemão na rua), não comi nada da culinária local. Na verdade eu comi o tal Xis, que é como eles chamam o hamburguer, e que me lembrou muito os lanches de trailer que eu costumava comer em Santa Bárbara, que é um pão de hamburguer, uma carne e mais um monte de coisas dentro e depois prensado. Bem gostoso. Mas o melhor lanche que eu comi foi em Caxias do Sul, no Jaime Rocha (fala-se jâime). É muito parecido com as hamburguerias que temos em São Paulo, com uma sutil diferença: tem um preço justo! Eu paguei por um Xis Bacon (sim, escreve-se assim) muito grande R$ 12,00. E o melhor, tinha a opção de hamburguer vegetariano, que eu vi e parecia bem bonito. Se estiver passando por Caxias, eu recomendo uma parada, fica perto da Rodoviária.

Outro lugar que parei para comer e que foi muito bom foi na Confeitaria Rodenbusch, em Nova Petrópolis. Quem me indicou esta foi o Marcelo, que praticamente me obrigou a ir até lá, e logo de cara eu percebi que deveria ser muito boa, pois o local estava cheio, em contrapartida à cidade, que estava deserta. Pedi uma torta de limão (que como todos os doces é vendido por peso e num preço muito bom) que estava divina, apesar de na hora eu estar estourando de tanto comer e trouxe para casa um saquinho de Cucas de chocolate, que mesmo três dias depois e amassadas, foram devoradas por mim e pela Veri em minutos.

Bebidas – Quando você visita uma região alemã e outra italiana, no que você pensa? Claro, cerveja e vinho. Por isto, eu não poderia deixar de provar ambos. Em Feliz eu tive a oportunidade de conhecer a fábrica da Eisenbrück, que na verdade é uma choperia, pois não há nada de conservantes nem estas químicas na bebida. No momento que ela vai para os barris ou garrafas é armazenada em refrigeradores, sendo que nunca pode ser acondicionada a mais de 10ºC, senão estraga. Com isto o seu paladar é delicioso, sendo que eu muito recomendo e quero beber novamente, mesmo sabendo da extrema dificuldade de encontrá-la fora da cidade. E como não podia deixar de ser, provei a famosa Polar, que só é vendida do Sul. É uma cerveja pilsen normal, mas achei melhor que as nossas tradicionais, sendo equivalente à Original e a Bohemia.

Já com relação aos vinhos, em Flores da Cunha eu visitei a Vinícola Salvador, onde fui muito bem atendido. Ela fica dentro da cidade, assim quem vai para lá de ônibus pode visitá-la a pé, diferentemente das outras, que ficam fora do perímetro urbano. Conheci todo o processo de fabricação e armazenamento, além de experimentar diversos vinhos. Mais uma boa pedida, nesta viagem de mochilão. E se você tiver como carregar, vai comprar muitas garrafas de vinho bons e baratos.

Quem sabe logo eu não possa fazer novas viagens como esta para escrever outros posts como este por aqui.

Hamburgueria Jaime Rocha – http://www.hamburgueriajaimerocha.com.br/

Eisenbrück – http://www.eisenbruck.com.br/

Vinícola Salvador – http://www.vinicolasalvador.com.br/salvador/

Confeitaria Rodenbrusch – http://www.hagah.com.br/rs/nova-petropolis/local/348503,2,confeitaria-rodenbusch.html

Cerveja Polar – http://www.polarexport.com.br/

Anúncios

2 comentários sobre “Rio Grande do Sul

  1. Oi Casal comilão,
    Tenho uma recomendação a fazer.
    Hoje jantei na Hamburgueria 162 ( Rua Luis Coelho, 162, esquina com a Rua Augusta) e fiquei muito impressionado com o hamburguer vegetariano. Hamburguer de abóbora dentro de um pão de beterraba, acompanhados por coalhada seca temperada, legumes grelhados, disco crocante de parmesão e salada.
    Ainda não experimentei os demais ítens do cardápio, mas já me recomendaram o Hamburguer de Queijo Brie.
    Aposto que essa opção resolve as vontades do Hiran de comer um lanche sem que a Veri tenha que comer um pão oco… rs
    Abraço
    Du Aze

  2. Olá. Não sei se lembram de mim, sou assessora da rede America, fizemos aquela matéria sobre os blogs no início do ano… Então, gostaria do contato de vcs (e-mails) para passar umas novidades… Estamos com um delicioso Festival de Burger – com cinco novidades, uma delas, vegetariana!
    Aguardo.
    bjo
    Joana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s